La educación a distancia como herramienta de enseñanza democratización: un estudio de caso en la Amazonia brasileña

  • Adriana De Moura Universidade Veiga de Almeida
  • Fatima Gonçalves Cavalcante Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, Brasil.
Palabras clave: Educación a distancia, universidad, ciudades ribereñas, profesor, estudiante

Resumen

En este artículo se analiza una experiencia de educación a distancia (EAD), organizado por la Universidad Abierta de Brasil (UAB), que se graduó de residentes de poblados ribereños de Pará / Amazon, aislado punto de vista geográfico y social. El estudio trata de comprender la percepción de los estudiantes y profesores sobre la educación superior en grado, de la modalidad de educación a distancia y su relevancia social. Se realizó una investigación exploratoria y cualitativa en forma de estudio de caso, a través de nueve entrevistas semiestructuradas y observación etnográfica. Los resultados indican el éxito del curso, a pesar de la existencia de barreras tecnológicas y regionales. El límite es la sostenibilidad y la continuidad de la acción afirmativa para la democratización de la educación en un país con tantas desigualdades educativas y regionales como Brasil.

Biografía del autor/a

Adriana De Moura, Universidade Veiga de Almeida
Psicóloga, Mestre em Psicanálise, Saúde e Sociedade pela Universidade Veiga de Almeida.
Fatima Gonçalves Cavalcante, Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, Brasil.
Psicóloga, Pós-doutora em Saúde Pública e em Antropologia Social e Professora da Universidade Veiga de Almeida/ Brasil

Descargas

La descarga de datos todavía no está disponible.

Biografía del autor/a

Adriana De Moura, Universidade Veiga de Almeida
Psicóloga, Mestre em Psicanálise, Saúde e Sociedade pela Universidade Veiga de Almeida.
Fatima Gonçalves Cavalcante, Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, Brasil.
Psicóloga, Pós-doutora em Saúde Pública e em Antropologia Social e Professora da Universidade Veiga de Almeida/ Brasil

Referencias Bibliográficas

Bogdan, R. C.; Bïklen, S. K. (1994) Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Portugal: Porto Editora.

FNE, Fórum Nacional de Educação.(2014) Educação brasileira: indicadores e desafios – Documento de Consulta. Disponível em: . Acesso em: 06 out. 2014.

Freire, Paulo. (2014) Pedagogia dos sonhos possíveis. Org. Ana Maria de Araújo Freire, 1. Ed., São Paulo: Paz & Terra.

Freud, Sigmund (1996). Cinco Lições de Psicanálise. Edição Standard Brasileira das Obras Completas de Sigmund Freud (vol. IX). Rio de Janeiro: Imago.

Gadotti, Moacir. (2000) Perspectivas atuais da educação. São Paulo em Perspectiva, v.14, n.2. Disponível em: . Acesso em: 07/07/2015. https://doi.org/10.1590/s0102-88392000000200002

IBGE – Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, (2014) site: <http://www.ibge. gov. br/home/estatistica/economia/perfilunic/default.shtm>. Acesso em: 05 out. 2014.

INEP. Censo de Educação Superior 2012. (2015) Disponível em: http://portal. inep.gov.br/visualizar/-/asset_publisher/6AhJ/content/brasil-teve-mais-de-7 -milhoes-de-matriculas-no-ano-passado. Acesso em: 15 jun. 2015.

Marin, José. (2009) Interculturalidade e descolonização do saber: relações entre saber local e saber universal, no contexto da globalização. Visão Global, Joaçaba, v. 12, n. 2, p. 127-154, jul./dez. Disponível em:<http://editora.unoesc.edu.br/index.php/visaoglobal/viewFile/617/278>. Acesso em: 25 out. 2013.

Mattos, Carmen Lucia Guimarães. (201) A abordagem etnográfica na investigação científica. Disponível em: www.people.ufpr.br/mariza almeida /celem05/abordetnogrinvestcient.doc . Acesso em: 05 mai. 2015.

MEC - Ministério da Educação, (2014). Disponível em:<http://www.mec.gov.br> Acesso em: 05 out. 2014.

MINAYO, M. C. S. (2011) Pesquisa social: teoria, método e criatividade. Petrópolis (RJ): Vozes.

Moreira, M. A.(1990) Pesquisa em ensino: o vê epistemológico de Gowin. São Paulo: EPU.

Moura, Adriana de. (2015) O acesso à graduação através da educação a distância: um estudo de caso em uma comunidade ribeirinha no interior do Estado do Pará. Universidade Veiga de Almeida, Rio de Janeiro, Brasil. Dissertação de Mestrado,.

OCDE, Relatório. (2014) Education at a Glance 2014. Disponível em : . Acesso em: 28 mai. 2015.

Oliveira, José Aldemir. (2004) A cultura nas (das) pequenas cidades da Amazônia Brasileira. Disponível em: . Acesso em: 05 mai. 2015.

Palloff, R. M.; Pratt, K.(2004) O aluno virtual: um guia para trabalhar com estudantes online. Porto Alegre: Artmed.

Preti, Oreste. (2009) Educação a distância: fundamentos e políticas. Cuiabá, EdUFMT.

Sacco, Ricardo Dias. (2010) Ensino a distância e educação: imagem e corpo professoral. Universidade de São Paulo, USP, Brasil. Dissertação de Mestrado. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/ disponiveis/48/48134/tde-30072010-153550/pt-br.php>. Acesso em: 23 set. 2015.

Santos, Jácia Maria Soares dos. (2009) A transferência no processo pedagógico: quando fenômenos subjetivos interferem na relação de ensino-aprendizagem. Disponível em: www.bibliotecadigital.ufmg.br/dsp ace/bitstream/handle/1843/FAEC-84GTXZ/dissertacaojacia.pdf; jsessionid =7B239A842F345FC7A14082669?sequence=1>. Acesso em: 07 jul. 2015.

Silva, C. S. R. (2006) A relação dinâmica transferencial entre professor-aluno no ensino. Ciência e Cognição, v. 08, p. 165-171. Disponível em: . Acesso em: 18 set. 2015.

Silva, R. F. B.; Talamoni, J. L. B. (2008) Uma experiência de investigação social no Baixo Amazonas. Revista Ciência em Extensão. v.4, n.1, p.60.

Simas, D. S., Lima, J. S. (2013) Desafios da inclusão digital no interior do Amazônas, Disponível em: . Acesso em: 01 out. 2015.

Souza, Joiciane Aparecida de. (2007) Políticas de acesso à educação superior: flexibilização e democratização do ingresso na universidade. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Uberlândia, Minas Gerais, Brasil. Disponível em: <http://repositorio.ufu.br/bitstream/12345 6789/967/1/PoliticasAcessoEducacao.pdf>. Acesso em 15 mai. 2015.

Valente, J.A., Moran, J.M. (2011) Educação a distância: pontos e contrapontos. São Paulo, Summus.

Waltenberg, Fabio D. (2005) Iniquidade Educacional no Brasil: uma avaliação com dados PISA 2000. Revista Econômica. Brasília, v. 6, n. 1, p. 67-118, jan.-jul.

Cómo citar
Moura, A. D., & Cavalcante, F. G. (2017). La educación a distancia como herramienta de enseñanza democratización: un estudio de caso en la Amazonia brasileña. Revista Educación Y Desarrollo Social, 11(1), 102-115. https://doi.org/10.18359/reds.2012
Publicado
2017-05-19
Sección
Artículos de investigación